Translate

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

COLONOSCOPIA - Exame importante e seguro

Na prática clínica diária, percebo que alguns pacientes mostram-se bastante apreensivos e ansiosos mediante a solicitação de um exame colonoscópico. O temor passa pelos mitos de a colonoscopia ser um exame desconfortável, constrangedor e perigoso, o que de forma alguma configura uma verdade.
O conhecimento de como o exame é realizado desmistifica estas premissas e revela uma ferramenta importante na detecção e controle das doenças do cólon.
A colonoscopia foi introduzida na medicina na década de 70. Nesta época era considerado um exame difícil; entretanto, hoje é um procedimento extremamente comum, seguro e de fácil realização.
De fato,a  colonoscopia reformulou a abordagem diagnóstica das doenças colorretais e permitiu a realização de procedimentos também terapêuticos, rastreando, detectando e prevenindo muitas doenças, como o câncer colorretal.

Indicações de colonoscopia:

DIAGNÓSTICA

  • Pesquisa de Sangue oculto nas fezes POSITIVA
  • Alterações do hábito intestinal ( constipação ou diarréia )
  • Rastreamento de Câncer colorretal
  • Acompanhamento de pacientes submetidos à polipectomia ( remoção de pólipos intestinais)
  • Doenças inflamatórias intestinais
  • Colites
  • Dor abdominal
  • Hemorragia digestiva baixa,
  • entre outras.

TERAPÊUTICA

  • Polipectomia
  • Hemostasia de lesões sangrantes
  • Remoção de corpos estranhos
  • Dilatação de estenoses ( estreitamentos)
  • Descompressão cólica no volvo ( torção intestinal),
  • entre outras.


Como é realizado o exame de COLONOSCOPIA?

A colonoscopia consiste na introdução de um aparelho flexível de fibra óptica ( FIBROCOLONOSCÓPIO ) através do ânus, a fim de visualizar diretamente todos os segmentos do intestino grosso e a parte final do intestino delgado. Tais imagens são transmitidas para um aparelho de vídeo e também podem ser documentadas através de impressão fotográfica.
Além de detectar possíveis alterações na mucosa intestinal, o método também permite a realização de biópsias de lesões ou áreas alteradas, cauterizações e a remoção de algumas lesões polipóides identificadas durante o exame.  São introduzidas  pinças especificas em canais do aparelho colonoscópico que possibilitam tais procedimentos.

Onde é realizado o exame ?

A COLONOSCOPIA poderá ser realizada em regime ambulatorial (clínicas e laboratórios médicos) ou em ambiente hospitalar, dependendo da idade e da condição clínica do paciente. O paciente sempre deverá ir acompanhado.

Qual é o preparo necessário?

Para a realização de uma colonoscopia adequada, mais rápida, acurada e segura, é imprescindível que o cólon esteja limpo, sem presença de resíduos fecais que possam dificultar o procedimento e impedir a visão adequada da mucosa do cólon, podendo passar desapercebida uma pequena lesão.
O preparo do cólon pode variar dependendo de cada serviço e da preferência de cada médico examinador.
Ao agendar o exame, serão fornecidas com antecedência todas as informações relacionadas ao preparo do cólon para a realização da Colonoscopia, incluindo as restrições alimentares a serem seguidas e como limpar o intestino adequadamente para o exame. Em geral a preparação consiste em usar uma solução laxativa oral na véspera do exame .
Cólon limpo e um preparo adequado são indispensáveis para a realização da colonoscopia com segurança e
alta eficácia. Desta maneira, tenha certeza em seguir todas as instruções médicas cuidadosamente.
Pacientes idosos, cardíacos, hepatopatas ou renais crônicos devem ter um acompanhamento mais rigoroso durante o preparo intestinal para previnir desidratações e quedas da pressão arterial.
 

Posso tomar minhas medicações usuais?

A maioria das medicações podem ser continuadas, mas algumas podem interferir com o preparo ou com o exame. Informe o seu médico sobre as medicações que esteja tomando, particularmente aspirina e derivados, medicações para artrite, anticoagulantes, insulina ou medicações que contenham ferro. Também é importante mencionar se apresenta algum tipo de alergia medicamentosa.
Deverá ser preenchido um questionário com seu histórico médico anterior como por exemplo cirurgias anteriores, história de traumas ou internações prévia.

O que acontece durante a Colonoscopia ?

A Colonoscopia é um procedimento seguro, simples e indolor, realizado com o auxílio de uma sedação e com duração média de 15 a 30 minutos.
O médico inicia o exame introduzindo vagarosamente o “colonoscópio” através do intestino grosso para examinar a mucosa intestinal, na maioria das vezes até atingir o ceco e se possível uma parte do intestino delgado. O médico irá examinar novamente todo o trajeto do cólon ao ser retirado o aparelho.

Em alguns casos, o médico examinador poderá ter dificuldade em conseguir passar o colonoscópio através de toda extensão do cólon. Alguns fatores podem ser responsáveis por esta situação: presença de resíduo fecal mesmo com a realização de um preparo orientado prévio; presença de estreitamentos causados por inflamações, pólipos, divertículos, variações anatômicas, aderências por cirurgias prévias ou tumores. Nestes casos o médico decidirá qual o limite de segurança para interromper o exame.
Quando o médico achar que uma área necessita de uma análise mais profunda, passará uma pinça através do colonoscópio para obter uma biópsia que será analisada no laboratório. Biópsias são comumente usadas para identificar muitas condições, como processos inflamatórios, pólipos, infecções ou até mesmo detecção de câncer. Se a colonoscopia está sendo utilizada para identificar o local de um sangramento, o médico poderá controlar o sangramento através do colonoscópio injetando medicamentos ou utilizando várias técnicas modernas disponíveis, como por exemplo o gás de argônio.
Durante a colonoscopia, pólipos podem ser identificados e rapidamente removidos.  Estes procedimentos usualmente não causam dor.


O que são pólipos e porque devem ser  removidos?

Pólipos são crescimentos anormais da mucosa intestinal ( semelhantes a "verrugas" ) e variam de tamanho, desde pequenas lesões até alguns centímetros de diâmetro. Para se diferenciar pólipos benignos ou pré malignos, o médico realiza a remoção destas lesões ( polipectomia ) e as envia para exame anátomo-patológico. Como sabemos que o câncer de cólon se origina de um pólipo, removê-lo é muito importante e constitui uma eficiente prevenção ao aparecimento do câncer de colorretal.

CUIDADOS APÓS A COLONOSCOPIA

  • Deixar o hospital ou clínica sempre acompanhado;
  • Devido ao uso de sedativo durante a realização do exame, o paciente NÃO PODE dirigir automóvel ou outros veículos durante TODO O DIA após a realização do mesmo. Até mesmo se estiver bem após o exame, seu julgamento e reflexos podem estar afetados pelo resto do dia.
  • Durante um período de aproximadamente 8 horas NÃO pode realizar tarefas que necessitem de atenção, tais como operar máquina e objetos cortantes;
  • A medicação usada durante a sedação poderá ocasionar um período curto de amnésia;
  • Permanecer em repouso durante o restante do dia;
  • Ingerir alimentação leve;
  • Ingerir bastante líquido ( água , suco, chá, água de côco );
  • Poderá ocorrer diarréia por um período de cerca de 12 horas após o exame , em alguns pacientes;
  • Poderá ocorrer algum desconforto e distensão abdominal devido ao ar que é insuflado durante o exame para melhor visualização do cólon.
    Tal sintoma  desaparecerá à medida que os gases forem sendo naturalmente eliminados ou mediante à utilização de antifiséticos, como a dimeticona.
  • Quando são realizadas biópisias ou polipectomias durante o exame, poderá ocorrer sangramento nas fezes nas próximas evacuações.
     
Quais são as possíveis complicações da Colonoscopia ?

Colonoscopia e polipectomia são geralmente seguras quando realizadas por médicos que são especialmente treinados e experientes neste procedimento.
Uma rara complicação é a perfuração, ou laceração através da parede intestinal que pode ocorrer em presença de algumas alterações patológicas como por exemplo: divertículos, estenoses, aderências ou tumores e podem requerer uma cirurgia de urgência.
Sangramento pode ocorrer no local da biópsia ou da polipectomia, mas é usualmente pequeno. O sangramento pode parar sozinho ou ser controlado através do colonoscópio; raramente irá requerer um tratamento de acompanhamento. Alguns pacientes podem ter reação à sedação ou complicações decorrentes de patologias cardíacas ou pulmonares prévias.

Embora complicações após a colonoscopia não sejam comuns, é importante perceber cedo seus sinais. Contacte seu médico se notar dor forte abdominal, que não cede com analgésicos comuns, febre, calafrios, ou sangramento retal importante. Observe que o sangramento pode ocorrer muitos dias após a polipectomia.

Colonoscopia - o que há de novo?
 
Nos últimos anos, vêm sendo introduzidos  no mercado colonoscópios de magnificação, que permitem aumentar  de 40 a 100 vezes as imagens da mucosa intestinal. Tal técnica, quando associada à cromatoscopia ( uso de corantes) permite aferir informações importantes e detalhadas sobre as características das lesões intestinais (ex: pólipos).
Ainda no campo da inovação tecnológica, surgiu a colonoscopia virtual, que consiste na reconstrução computadorizada do cólon por meio da tomografia helicoidal. É um método ainda não disponível em muitos centros, e possui a desvantagem de não permitir a realização de biópsias ou  remoção de lesões.




Colonoscopia Virtual

22 comentários:

  1. Olá BOA Tarde.
    Após 3 meses de ter passado por uma cirurgia por divrticulite aguda com a retirada do sigmóid por abscesso e passado po3 tomografias e biópsia do material, pergunto: por que preciso fazer a videocolostomia? e se ha ainda a possibilidade de cancer? Muito obrigada por vcs exixtirem!
    Mpap

    ResponderExcluir
  2. Margarida,

    Boa Tarde e obrigada pelo seu comentário.
    Veja, diverticulite é um processo inflamatório que pode ocorrer na região do cólon que possui divertículos, enquanto o câncer colorretal é o crescimento de células diferentes das do intestino, dando origem a um tumor.
    São doenças distintas. Provavelmente seu médico solicitará uma videocolonoscopia alguns meses após a sua cirurgia para acompanhamento e seguimento pós sigmoidectomia.
    Devemos lembrar que a colonoscopia também é um importante exame para rastreamento de câncer colorretal, principalmente naqueles pacientes com história familiar relevante da doença.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Dra Terry.

    Faz dois dias meu pai (61 anos ) fez a colonoscopia, pois a cerca de 3 meses começou a sentir um desconforto abdominal. Foi descoberto um polipo enorme e apesar de ainda não sair a biopsia é fato que é maligno está quase obstruindo o intestino. Estou escrevendo para exteriorizar minha revolta por saber agora que era um cancer que podia ser evitado. Para piorar minha revolta ele fez exame de toque há um ano atrás e o médico não o orientou a fazer o exame antes e me pergunto se ele tivesse feito antes poderia estar bem menor o polipo. Pq os médicos não informam os pacientes que eles tem que fazer esse exame depois de 50 anos! É muito revoltante tantas pessoas morrerem por ano por algo que pode ser evitado. Estou em estado de choque de tanta revolta. Se mais médicos divulgassem, meu pai com certeza teria feito esse exame antes, e talvez as coisas teriam sido diferentes. Obrigado pelo trabalho de continuar divulgando. pretendo passar seu site por e-mail que atinja cada vez mais pessoas!
    Att.
    Ligia

    ResponderExcluir
  4. oi boa noite venho aqui expressar minhas homenagens e tirar minhas duvidas gostaria muito que a senhora me ajudasse póis ainda não consig um proctolista pelo sus é muito dificil meu marido operou um cancer no colon ascendente era um t4 um ano se passou depos de quatro meses passada a quimioterapia começou uma dor no reto já fizemos (TC DE PELVIS)COLONOSDCOPIA ambas com resultados satisfatorio só apreceu uma hemorroida em 2ºgrau mesmo assim ele continua sentindo fortes dores no reto então gostaria de saber se isso td é consequencia de uma hemorroida tenho imagens da colono e gostaria que vc desse uma analizada no laudo medico com imagens gostaria de lhe enviar mas não tem imail como faço?pos ele sente demais dores no anus,o agurdo resposta meu email e edymusic@hotmail.com...

    ResponderExcluir
  5. ..Resutado de um Exame de Colonoscopia..feita no dia data do Exame 05/01/11
    Diz Assim: Reto com Morfilogia Habitual e Expansibilidade Presercada .Mucosa Integra .padrãp Vascular e Válvulas de Houston Preservadas . Na Retrovisão, Hemorróida gRAU II.

    TRANSIÇÃO Retossigmoidiana Ultrapassada sem Dificuldade

    Segmentos Cólicos Examinados ate 40cm da Borda anal sem Alterações Observa-se Anastomose Cólica - Entérica(40cm da BA), Pérvia sem Lesões Obstrutivas e ou Ulcerativas ( Biosia ) Para Histopalogico

    Conclusão: HEMORROIDA GRAU II
    ANASTOMOSE PERVIA

    Essa e a conclusão da Medica que fez o exame .tenho emagem da colonoscopia .como faço para enviar para a senhora analizar .meu endereço e edymusic@hotmail.com..obrigado Agurdo resposta suas .....me chamo Edy carlos.

    ResponderExcluir
  6. Dra boa tarde! Parabens pelo seu blog e saiba que é muito útil para nós leigos. Tenho uma duvida bastante delicada. Meu sogro tem 55 anos e apresentou sintomas de sangramento nas fezes, bem como diarréia frequente com sangue. No mês passado ele fez exame de prostata com toque retal e não foi constatado nenhuma anormalidade. Foi ao médico clinico apresentando os sintomas supracitados e este solicitou colonoscopia. Feito exame com laudo conclusivo: "Blastoma de Reto". O exame relatou que foi realizado com a introdução do colonoscópio pelo canal anal até o reto médio, entre a primeira e segunda válvula de Houston, onde se evidenciou lesão blastomosa, tipo ulcero-vegetante, superficie irregular, limites imprecisos, impedindo a progressão do aparelho, sendo realizado biópsia. De posse deste laudo, a médica clinica geral considerou o estagio avançado de câncer sem perspectivas de sucesso no tratamento cirurgico quimioterápico. É possivel concluir que o paciente não tem mais chances de cura baseado apenas neste exame, visto que este foi incompleto no intestino? Como devemos proceder com relação a busca do tratamento?
    Certo da vossa atenção, agradeço atencipadamente!

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pelo seu comentário.
    Pelo que descreve parace ser uma neoplasia retal em estadio avançado, até mesmo pelo caráter obstrutivo da lesão.
    Há de se considerar que o tratamento nem sempre é cirúrgico e pode envolver apenas quimio e/ou radioterapia.
    Sugiro a avaliação de um cirurgião oncologista para estadiar o tumor e direcionar o tratamento.
    A medicina não é uma ciência exata, cada caso é um caso e, com certeza ele tem possibilidade de tratamento.

    Abraços,
    Dra. Terry.

    29 de maio de 2011 11:46

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, Dra. Terry,

    Gostaria de convidá-la a participar do grupo de portadores de doenças inflamatórias intestinais no facebook. Contamos hoje com mais de 280 membros e sua presença será muito bem vinda! Segue o link: https://www.facebook.com/groups/dii.br/
    Receba nosso abraço!

    ResponderExcluir
  9. ola...meu pai fez uma colonoscopia com a retirada de um polipo durante o exame, o medico nao passou nenhuma medicação e ja fazem dois meses, o resultado da biopsia ainda nao saiu e ele continuna com sangramento de vez em quando, dependendo do alimento que ingere sai muito sague...o que deve-se fazer?

    ResponderExcluir
  10. Fiz uma endoscopia e o resultado foi pangastrite anemanetosa leve tomo omeprazol a manha e noite e nao passa a dor porque como o que nao posso

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, tudo bem? Dra., preciso da sua ajuda. Sinto muitas dores abdominais, gases, e casos de diarréias, então os médicos suspeitaram da síndrome de crhon, peguei o resultado da colonoscopia agora e pelo que eu pesquisei se enquadra na sidrome. Na maioria biopsias ( ceco, colon ascendente, trasnverso, descendente, sigmoide) deu colite crônica inspecifica e alguns com eosinofilia ( trnjo intolerância a lactose desde bebe). Tenho que fazer ainda os exames de sangue para verificar intolerância a gluten tambem. Desde já agradeço, tenho 19 anos e não aguento mais sentir dor.

    ResponderExcluir
  12. Olá! bem, gostaria muito que vc tirasse minhas dúvidas. a 1 mês operei de vesicula.(achando que era so esse o meu problema) dias antes de operar comecei a sentir uns desconfortos estranhos do lado esquerdo, perto do umbigo. o medico entao pediu uma tomografia do abdomem. Apareceu um cisto de 4cm no ovario esquerdo, o restante, incluindo alças intestinais estavam normais. apos exames repetidos o cisto era funcional, mas a dor , que o medico disse sr do cisto, nao desapareceu. e em todos os medicos que ia falavam que era gases, ou por causa da cirurgia mesmo. ate que eu mesma pedi para o medico para eu fazer uma colonoscopia. o resultado foi: aspecto endoscopico sugestivo de colite+hemorroidas de 2 grau. o med. tambem pediu biopsia. alem desse desconforto que eu sinto do lado esquerdo, tem tambem uma dorzinha abaixo da costela esquerda todos os dias quando acordo. não aguento mais essas dores, minha vida praticamente parou, e eu nao sei mais o que fazer. nao tenho diarreias e meu intestino geralmente funciona normal. o que devo fazer agora? realmente e colite e nao tem cura? AGUARDO!!!! ESTOU MUITO TRISTE. ME CAHMO KAROL E TENHO 20 ANOS.

    ResponderExcluir
  13. Minha mãe fez o exame ha 4 dias, está evacuando sem sentir. Sente vontade de evacuar, quando vai ao banheiro já fez sem sentir. Isso é normal???

    ResponderExcluir
  14. OLÁ, CONHEÇO UMA SENHORA DE 72 ANOS QUE HA MAIS DE UM ANO TEM UM PEDIDO MEDICO PARA COLOSCOPIA E NÃO CONSEGUE PELO VALOR DO EXAME... GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM LUGAR EM SP QUE REALIZA ESSE EXAME GRATUITAMENTE...OBRIGADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hospitais públicos realizam esse exame.
      Fiz no hospital alípio correa, em ermelino matarazzo, zona leste.

      Excluir
  15. Prezada Dra. Bom dia! Preciso de uma orientação, meu pai tem 83 anos e está a alguns meses com sangramento nas fezes (suspeita-se de pólipo). Em consulta com um gastroenterologista foi solicitada uma colonoscopia. Estamos com muito receio pois ele já fez este exame a uns 15 anos atrás e sabemos que ele desgasta muito. Para a idade dele o que podemos fazer e quais os riscos por conta da idade? Desde já muito obrigada.

    ResponderExcluir
  16. Olá, fiz a videocolonoscopia e o medico precisou interromper o exame ao chegar no angulo esplenico, por eu estar sentindo muita dor. Isso é normal?

    ResponderExcluir
  17. Olá Dra. gostaria de tirar uma dúvida. Meu pai tem 58 anos, ele sofre de gastrite e esofagite. Ele passou por uma tomografia que resultou em pequenas alterações no intestino. Depois disso os médicos pediram o exame de colonoscopia. Ele tentou fazer o exame duas vezes, porém o laxante não fez efeito e o suco com o remédio não parou no estômago e ele veio a vomitar. Depois disso a barriga dele ficou muito estufada e com enjoou. Agora ele está aguardando para tentar fazer novamente o exame. Aí vem a minha dúvida, o porque o laxante não ter feito efeito? Ele pode sofrer de uma diverticulite? Existe outro método de se fazer os preparos para o exame?

    ResponderExcluir
  18. Ola fiz a colonoscopia e durante o exame senti dores,isso e normal?estava sedada mas acordei ,nem sei se o medico fez biopsia,eles nos avisam quando fazem?obrigada

    ResponderExcluir
  19. Olá, boa tarde

    Meu esposo fez uma colonoscopia e o resultado foi esse:

    Lesão vegetante, friável, obstruindo o lumem. Lesão do colon descendente. Gostaria de poder mandar a foto, foi retirado material para a biópsia, mas o resultado vai demorar um pouco e ele tá muito nervoso por isso estamos querendo que nos ajude. Grata pela atenção.

    ResponderExcluir
  20. Boa noite! Dra tenho 47 anos e meu médico ortomolecular pediu exames de colonoscopia para ver se tenho intolerância a glutém e a lactose e endoscopia pelo fato de um tio ter tido cancêr de estomago,esta correto e ele mesmo pode fazer o exame?

    ResponderExcluir
  21. Meu pai fez um exame de colonoscopia e detectou um blastoma de reto de 15 cm qual e o grau de perigo? Aguardo retorno urgente.

    ResponderExcluir

Esta matéria foi esclarecedora e informativa? Deixe sua opinião!